Campeonato Codoense de Futebol e de futsal continuam apagados, população está sentindo falta

0
Parceiro Indicador

Por: Redação de Esportes Cocais Notícias

O campeonato codoense conhecido como um dos mais difícil de todos os campeonatos da Região dos Cocais, não vem acontecendo há quatro anos, isso vem deixando os atletas codoenses tristes, e sem esperanças de um dia poder mudar de vida com a ajuda do futebol, e realizar um sonho tão desejado de toda criança, que é ser um jogador de futebol profissional.

O último campeonato codoense que teve, foi realizado em 2014, ainda na administração do ex-prefeito Zito, com as três divisões, 1ª, 2ª e 3ª divisão, e que teve como campeão da 1ª divisão a equipe do Sport Júnior do alto da fábrica, de lá pra cá, nunca mais se ouviu nem falar em campeonato codoense, muito menos o de futsal, isso é lamentável.

2014, último campeonato codoense, que foi conquistado pela equipe do Sport Júnior

Promessa da Superintendência de Esporte que não foi cumprida

Nos primeiros dias do Governo Mais Avanço, Mais Conquistas, a equipe de Superintendência de Esporte, Cultura e Juventude no comando do Superintendente Municipal de Esporte Goiabeira Júnior, realizou uma reunião no auditório da Praça da Juventude, para apresentar toda equipe técnica e suas ações para os cem primeiros dias de gestão, (Reveja aqui) na apresentação a equipe prometeu que iria se dedicar ao máximo, para voltar todas as tradicionais competições que o esporte de Codó sempre teve, principalmente o “campeonato codoense”, que sempre foi o mais tradicional, e a competição mais esperada pelos jogadores, torcedores e donos de times.

Sendo um dos temas mais discutido durante a reunião, hoje o “campeonato codoense de futebol” continua apagado do esporte de Codó, e fazendo muita falta, tanto para os torcedores, quanto para os jovens que sonham um dia ser um jogador profissional, e brilhar pelo mundo da bola.

Mas foram promessas furadas, que como sempre, a prefeitura alega está em crise, mas que gasta milhões com coisas desnecessárias, mas não investe como deveria no esporte codoense, que é dali que pode nascer um futuro atleta profissional.

Deixe um comentário