Flávio Dino cita morte de vereadora do RJ e é cobrado por morte de vereadores no MA

0
Parceiro Indicador

Por essa o governador Flávio Dino (PCdoB) não esperava.

Na manhã de hoje (15), o comunista foi às redes sociais para comentar a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros no Rio de Janeiro, na quarta-feira (14).

“Três absurdos cumulativos: 1) o bárbaro assassinato da vereadora Marielle e do Anderson; 2) a situação gravíssima e anômala que contextualiza o crime; e 3) pessoas que comemoram uma morte e pretendem dar ‘lição’ aos defensores dos direitos humanos”, escreveu.

Ato contínuo, o vereador João Costa, de Governador Nunes Freire, no interior do Maranhão, cobrou do governador a mesma preocupação com os casos de assassinatos de vereadores maranhenses.

“Não me recordo do senhor ter se manifestado quando os vereadores de Governador Nunes Freire foram assassinados, aliás nunca nem solucionou o caso”, rebateu o parlamentar.

Só em Governador Nunes Freire, desde 2015, já foram assassinados três vereadores (reveja).

Deixe um comentário