Médico sai em defesa do homem que agrediu a mãe idosa e critica a imprensa

0
Parceiro Indicador

Médico Yglésio Moyses

O médico e ex-diretor do Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, Yglésio Moyses, resolveu se manifestar sobre o caso de agressão a uma idosa cometida pelo próprio filho, que ganhou repercussão nas redes sociais e culminou na prisão de Roberto Elisio Coutinho, nesta sexta-feira (25).

Em defesa do homem, por meio de postagem em sua página no Facebook, o médico disse que é preciso entender a situação “antes de sair feito um doido indignado com o vídeo do homem que agrediu a mãe.”

A explicação do médico é que o homem, que ele diz ser obeso mórbido, aparenta no vídeo sinais claros de doença mental e até estar em um surto psicótico.

“Uma pessoa formada em Direito que não trabalha e gerencia apenas a pequena aposentadoria da mãe não parece ser normal. Outra coisa que chama a atenção é a postura passiva da mãe, como se aquilo fosse algo que já tivesse acontecido. Pra fechar, a pessoa que está do lado filmando não demonstrou grande indignação na filmagem, nem o próprio homem não se importou com ela filmando toda a situação, como se ele não tivesse noção daquilo que estava acontecendo”, escreveu.

Yglésio, que adora mídia, ainda aproveitou a situação para criticar o trabalho de divulgação feito por blogueiros que, segundo ele, querem apenas acessos.

Ao que parece, não é só o agressor que está com “sinais claros de doença mental”.

Fonte: Luis Pablo

Deixe um comentário