MESSI ANUNCIA QUE SELEÇÃO ARGENTINA NÃO FALARÁ MAIS COM A IMPRENSA

0
Parceiro Indicador

Em nome dos jogadores, camisa 10 reúne jornalistas para dizer que equipe não dará mais entrevistas após Lavezzi ter sido acusado de fumar maconha na concentração.

Capitão da seleção argentina, Lionel Messi anunciou na noite desta terça-feira que os atletas da equipe não falarão mais com a imprensa. O motivo foi a acusação de um jornalista de que o atacante Lavezzi teria fumado maconha na concentração um dia antes da vitória de 3 a 0 sobre a Colômbia, em San Juán, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. Após a partida, o camisa 10 pegou o microfone na sala de imprensa, rodeado por todo o elenco, e explicou a decisão:

– Preferimos aparecer todos e botar a cara do que mandar um comunicado, não temos que nos esconder. Estamos aqui para comunicar que tomamos a decisão de não falar mais com a imprensa e vocês sabem o porquê, não é? Fizeram muitas acusações, houve muita falta de respeito e nunca falamos nada. A acusação que fizeram a Pocho (Lavezzi) é muito grave. Porque se não fizermos nada, muitos vão acreditar. Preferimos cortar isso de uma vez. Lamentamos muito que tenha que ser assim, mas não vemos outro jeito. Faltaram o respeito. Pode perder, pode ganhar, podem opinar se jogamos bem ou mal, mas fazer acusações desse tipo… Não é a primeira… É muito grave. Não vamos entrar nesse jogo, não vão continuar dizendo um milhão de coisas. Está dito. Obrigado.

A polêmica começou com posts no Twitter do jornalista Gabriel Anello, da rádio Mitre, na noite de segunda-feira. A primeira mensagem dizia:

– Lavezzi ficará fora do banco de reservas amanhã pelo cigarro de maconha que ele fumou à noite na concentração? Pergunto, só pergunto – publicou.

Após a repercussão, o jornalista voltou a fazer acusações contra o atacante nesta terça:

1_vvwyvf9

– Lavezzi fuma seu segundo cigarro de maconha na concentração, e o “impresentável” é quem diz isso… Temos a seleção e os jogadores que merecemos.

O atacante do Hebei China Fortune, do futebol chinês, também usou as redes sociais para dizer que irá processar Anello:

– Comunico por este meio que vou entrar com ações legais contra Gabriel Anello por suas falsas declarações contra minha pessoa e pelos graves danos que gerou a minha família e ao meu trabalho – afirmou.

Sem Lavezzi em campo, a Argentina bateu a Colômbia com grande atuação de Messi e atenuou um pouco a crise: o time de Edgardo Bauza terminou o ano em quinto lugar das eliminatórias, posição que garante pelo menos um lugar na repescagem contra o representante da Oceania.

– Estes jogadores querem ganhar sempre, são os primeiros a trabalhar. Eles dão a vida por esta camisa e vão continuar fazendo isso – afirmou o técnico após a partida.

Fonte: Globo Esporte

 

Deixe um comentário