Sampaio domina todo o jogo e goleia o Salgueiro no Castelão pela Copa do Nordeste

0
Formação em Gestão empresarial e Empreendedorismo

Em uma noite fria, o Sampaio Corrêa entrou em campo incendiário, e não tomou conhecimento do Salgueiro. A goleada por 4×0 deixou o Tricolor na vice-liderança do Grupo D da Copa do Nordeste com quatro pontos ganhos.

Após a vitória, a Bolívia Querida já arruma as malas e segue para Santa Quitéria, onde enfrenta os donos da casa neste sábado, pelo Campeonato Maranhense.

Marlon marcou um dos gols da goleada boliviana (Foto: Elias Auê)

O jogo

Sem muitas amenidades, o Sampaio colocou pressão logo de cara, pra mostrar quem manda no Castelão. E a imposição surtiu efeito antes dos cinco minutos. Reginaldo Júnior recebeu dentro da área e deslocou o goleiro. Bolívia 1×0.

Em falta frontal, o Salgueiro tentou igualar. Andrey saltou para defender. Uilliam poderia ter aumentado o placar, ao receber a bola de frente para o crime, mas o goleiro do Salgueiro fez a sua parte.

No entanto, com o amplo domínio Tricolor em campo, o segundo gol era questão de tempo. E ele veio dos pés de Marlon, que bateu a falta na área, e a bola sofreu um leve desvio antes de entrar. 2×0 Sampaio no Castelão.

O primeiro tempo chegou ao fim com o placar até modesto, em face da ampla superioridade boliviana na partida.

A vantagem no marcador não diminuiu o ímpeto da Bolívia na etapa final, e Uilliam foi logo marcando o terceiro gol, de carrinho, após cruzamento de Sobral.

E o Sampaio não queria saber de tirar o pé do freio. A volúpia em busca de mais gols era intensa, e Fumaça guardou o dele, colocado, com classe, após corta-luz de Marlon.

O restante do tempo foi só para tocar a bola e esperar o apito final. Triunfo categórico, inquestionável no Castelão.

Com a vitória sacramentada, o Sampaio direciona suas ações para o Campeonato Maranhense, no fim de semana, e volta a campo pela Copa do Nordeste na outra quinta-feira, quando enfrentará o Ceará, novamente no Castelão.

Ficha Tricolor

Andrey, Junio Rocha, Joécio, Maracás e Kaike; César Sampaio (Silva), Yuri, Fernando Sobral e Marlon (Marcelinho); Reginaldo Júnior (Rodrigo Fumaça) e Uilliam.

Por: Sampaio Corrêa

Deixe um comentário